Um processo para tomada de decisão

Publicado em 14-novembro-2006

Segundo a enciclopédia Wikipedia,  “tomada de decisões” é o processo pelo qual são escolhidas algumas ou apenas uma entre muitas alternativas para as ações a serem realizadas. A decisão é tomada a partir de probabilidades, possibilidades e ou alternativas, para toda ação existe uma reação, portanto são de reações que são baseadas as decisões.

Resumindo, decisões são escolhas. Uma boa tomada de decisão é resultado de uma boa escolha. O que caracteriza um bom administrador são suas boas tomadas de decisões. Em minha opinião, todos nós tomamos decisões baseados em um processo, mesmo que inconscientemente. Então temos que usar um processo o mais estruturado possível para fazermos uma boa escolha.

Recomendo o seguinte processo para uma boa tomada de decisão:

  1. Defina o problema. A definição de um problema deve incluir causa e efeito. Por exemplo, frequentemente os projetos de TI atrasam e ultrapassam o orçamento planejado, têm problemas de qualidade e geram uma má imagem para a área de TI. Note que nesse exemplo aparecem a causa e o efeito. Todos esses elementos definem o problema. Simplifique a descrição de um problema para todos possam entender.
  2. Defina seu objetivo. O objetivo é o que se espera acontecer para resolver o problema. Ele deve ser altamente especifico e realista. Exemplo: atingir a meta de 90% de projeto de TI completados dentro do prazo, orçamento e qualidade esperada pelos clientes, nos próximos doze meses.
  3. Crie o maior número de alternativas de solução possível. Você não precisa fazer isso sozinho. Faça um brainstorming com colegas e subordinados.
  4. Desenvolva um plano de ação. Avalie as alternativas que você gerou e selecione uma ou mais. Selecione a alternativa que melhor se aplica a situação atual. Uma decisão é temporal, ela depende do momento. Não ignore as intuições, lembre-se que cada pessoa tem um processo mental de tomada de decisão.
  5. Faça uma análise de impacto do plano de ação. Verifique quais serão os impactos na organização quando o plano de ação for executado. Pergunte se o plano é realmente viável e se você tem recursos suficientes para levá-lo em frente. Pense no pior para se preparar e não ter surpresas na execução do plano.
  6. Comunique o plano. Assegure-se que o plano foi divulgado para quem estará envolvido na execução do plano e quem se beneficiará com o plano.
  7. Monitore a execução do plano. Avalie a execução do plano e faça os ajustes necessários durante a execução das atividades.

Para aperfeiçoar o processo de tomada de decisão é necessário praticá-lo. Não tenha medo de errar. Ao final do processo reflita nos pontos em que você pode melhorar nos próximos processos e mantenha e compartilhe as boas práticas.